PTENG
© 2014 Egor
Recursos Humanos

Recrutamento

Como Construir um Curriculum de Sucesso

Quando um recrutador olha para o seu CV pela primeira vez, tende a dedicar aproximadamente 8 segundos para efectuar a 1ª triagem.

O objectivo deste link é ajudá-lo a ultrapassar esta 1ª fase de um processo de selecção aconselhando o que deve colocar no seu CV de modo a torná-lo o mais legível e atraente possível.

Regras de Ouro

O seu CV é um cartão de visita

O seu CV é um cartão de visita que pode fazer a diferença entre um convite para uma entrevista ou a informação de que não foi seleccionado. Portanto, está na hora de transformar o seu CV numa arma eficaz:

Informações relevantes

Refira todas as informações que salientem as suas mais valias e aumentem as possibilidades de obter uma entrevista. O facto de organizar todos os anos um torneio de golfe não interessa quando se candidata para a função de Web Designer. Se, pelo contrário, quer trabalhar numa agência de organização de eventos, a informação torna-se importante. Molde o seu CV ao emprego para o qual se candidata.

Tamanho reduzido

Tente reduzir o seu CV a duas folhas.

A ideia mais importante é que deve ser conciso, preciso e objectivo. Ser criativo sem ser demasiado exaustivo. Com isto em mente um Curriculum não deverá ter mais que uma a duas páginas mas regra geral não se justifica que o CV de um recém-licenciado tenha mais que uma página.

Bem organizado

Divida o seu CV em secções claras (por ex. dados pessoais, formação, experiência profissional, observações etc.) Coloque bastantes espaços em branco para o tornar mais legível.

Exemplos concretos

Espírito de equipa, capacidade de perseverança e facilidade de contacto são características bonitas, mas sem exemplos concretos ficam vazias de significado. Indique concretamente como, no passado, demonstrou o seu espírito de equipa ou onde já aplicou a sua capacidade de perseverança.

Tipo de CV

Um CV cronológico fornece uma listagem da sua formação e experiência de acordo com uma sequência lógica no tempo. Um CV funcional junta qualidades e características por área relevante.

Sinceridade

Uma pequena mentira a seu favor parece inocente mas pode ter consequências negativas. Ao mentir no seu CV arrisca-se a ser apanhado mais cedo ou mais tarde.

Voz activa

Use verbos dinâmicos e activos como organizar, ensinar, etc.

Aparência gráfica

Cada CV que envia deve ser uma impressão original. Manchas, dobras nos cantos e vincos são proibidos.

Diferentes opiniões defendem...

... que deve evitar repetir o óbvio. Por exemplo, não escreva "Currículum Vitae" no topo do seu CV. Se concorre a uma empresa de Tecnologias de Informação, não precisa de dizer que domina o Microsoft Office, seria a mesma coisa que explicar que sabe ler e escrever...

... que deve começar pelo que considera mais importante ou pelo que pode ser mais importante para o seu destinatário. Se na sua formação superior quer destacar primeiro a licenciatura deve escrever "Licenciado em Engenharia Rural e do Ambiente pelo Instituto Superior de Agronomia, Universidade Técnica de Lisboa". Se por outro lado quer destacar o estabelecimento de ensino então deve dizer "Licenciado pelo Instituto Superior de Agronomia, Universidade Técnica de Lisboa, no curso de Engenharia Rural e do Ambiente". O mesmo se passa em relação a formação complementar ou actividades extra curriculares.

Estrutura de um Curriculum Vitae funcional

É a estrutura mais indicada para um Curriculum Vitae de um recém-licenciado, de uma pessoa que tem pouca experiência profissional ou que pretende mudar de carreira.

Dados Pessoais (Nome, Idade, morada, contactos telefónicos, e-mail)

Objectivo da Candidatura (opcional)

Habilitações Académicas:

Experiência Profissional

Outras Qualificações (Conhecimentos de línguas, Conhecimentos de informática)

Interesses.

Por fim:

Leia o seu Curriculum as vezes que forem precisas e dê a ler a outros. Não deixe passar nenhuma gralha, verifique com muita atenção erros de ortografia e não cometa erros de gramática. É muito importante que o seu Curriculum esteja perfeito - um erro, por mais inocente que seja, pode ser "a morte do artista".

Seja determinado e é importante demonstrar que tem os teus objectivos definidos, que sabe bem onde quer ir e o que se vê a fazer dentro de 5 anos. Mas é também importante mostre flexibilidade.

O CV deve ser legível e ter boa apresentação: escolha um tipo e tamanho de letra convencional.

Não dê relevo a actividades que tenha desenvolvido ou que domine se não pretender segui-las no futuro.

Se incluir acrónimos ou siglas no teu CV certifique-se que eles são perceptíveis pelo recrutador. O facto de conhecer bem um acrónimo não quer dizer que toda a gente conheça esse acrónimo - em caso de dúvida soletre-o.